sábado, maio 06, 2006

 

À Terra do sol nascente 1 de 2 ou 3.

Hj depois de ajudar um grupo de turistas japoneses perdidos pelo Rio de Janeiro, lembrei da minha ida adolescente à Terra deles... e é desta que tentarei falar o mais resumidamente possível.

...


Nunca pensei que uma aventura adolescente minha daria frutos positivos...
ainda mais, uma bizonha, à terra do sol nascente.

Tentarei resumi-la mas mesmo assim é melhor vc ir ao banheiro fazer um xixizinho antes de realmente começar a ler este post.

Modulo resumindo-pra-chegar-logo-no-recheio-da-historia
,

Vestibular; segundo semestre; greve: preguiça; esporro; "não vou sustentar vagabundo"; Japão.

Devido a um esporro categórico proveniente do senhor Antonio Carlos Henrique de Amaral da Silva Melo Correia Soares Carvalho Maria Lemos Ferreiro Sá de Alcantara, vulgo pai, fui forçado a trabalhar.

Forçado. Isso mesmo, por que desde sempre o que queria era ganhar na loteria pra fazer o que sei melhor na vida. Ficar à toa.

Então como parte de um plano infalivel, que acabou falhando, armei um esquema pra ir trabalhar no Japão. Fazendo um trabalho "não honrado" numa linha de montagem. Certo de que Dona Florência, minha mãe, ia rodar a baiana pro meu velho e me salvar desse suplício.

O que pra meu desespero não aconteceu. Ao invés disso, ela começou a planejar a segunda lua de mel quando soube dos meus planos.

Resumindo...
Eu... num avião pro Japão
Velho + Velha... não quero nem imaginar.

...

Nunca fui tão visto na minha vida.
Devido a cada um dos meus duzentos e dez centimetros de altura, desde sempre, estou acostumado a ser o centro das atenções, pelo menos instantaneamente. Mas no Japão esse meu "efeito" foi elevado à sei-lá-que-potência


A ser continuada...
(pelo bem da bexiga de todos)

Comments:
É vc que esta no "White giant goes wild in Tokyo"?
Sou seu fã.
 
caralho... q q vc foi fazer no Japao doido?
 
Postar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?




super annuation
super annuation Counter